Para que serve a linguagem de programação?

O PHP é uma das linguagens de programação mais utilizadas hoje em dia, mas existem outras. Você as conhece? Então, clique aqui para saber quais são e para que servem!

Uma linguagem de programação serve como um meio de comunicação entre os seres humanos e o computador. De modo geral, elas são usadas para programar. No entanto, cada linguagem tem uma forma de comunicação distinta.

Quanto mais próxima à linguagem humana, maior o nível da linguagem – facilitando a vida do programador. Quer saber mais? Continue com a gente aqui, no PHP Day Curitiba!

para que serve a linguagem de programação

Entenda o que é a programação

Existem diferentes tipos de programadores e cada um deles é especializado em um setor. Ou seja, cada um deles é obrigado a aprender linguagens e técnicas específicas para que possam se especializar de acordo com a sua categoria.

O objeto da programação é a menor e mais básica entidade de todas, onde todos os tipos de cálculos são realizados. Hoje em dia, as mais populares linguagens de programação são consideradas multiparagmáticas, sendo compatíveis com a programação orientada a objetos em algum grau.

A linguagem de programação, por exemplo, fornece instruções exatas para os computadores conseguirem fazer tudo o que precisam – como cálculos complexos em apenas alguns segundos, de uma maneira que nenhuma mente humana seria capaz. Isso porque os computadores são estúpidos e, sem essas instruções, não seriam capazes de realizar nenhuma função.

A programação básica funciona da seguinte forma: a máquina apenas entende um único código, mas consegue entender diversas outros códigos de linguagens.

Principais linguagens de programação

Existem mais de 15 linguagens de programação que podem ser utilizadas. Algumas das principais são:

  • Phyton: Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina, para nível iniciante. As plataformas são web e desktop. Foi desenvolvido por Guido van Rossum, na década de 90. A sua popularidade está fortemente relacionada com a sua facilidade – ideal para iniciantes. Pode ser usado para construir qualquer coisa, mas principalmente tecnologias de Inteligência Artificial e semelhantes.
  • JavaScript: Desenvolvimento Web Interativo Rico, para nível iniciante. As plataformas são web, desktop e script de front-end. Criado em 1995, pela empresa Netscape, é uma das principais linguagens de programação ao lado de HTML e CSS, que ajudaram a construir a internet. Ideal para aplicativos que vão ser usados em diferentes dispositivos – como smartphones e nuvem, por exemplo.
  • Java: Desenvolvimento de Aplicativos Corporativos, para nível intermediário. As plataformas são web, desktop e mobile. Criado em 1995, por James Gosling – da Sun Microsystems –, está voltada para a construção de aplicativos empresariais.
  • R: Análise de Dados, para nível intermediário. As plataformas são, principalmente, desktop. Lançada em 1993, linguagem de programação R foi criada por Ross Ihaka e Robert Gentleman como uma implementação da linguagem de programação S, com um maior foco na computação estatística e modelagem gráfica. O R acabou se tornando uma das melhores linguagens de programação voltada para projetos que exigem grande análises de dados, modelagens gráficas de dados, além de análises espacial e de séries temporais.
  • PHP: Desenvolvimento Web, para nível iniciante. Utilizado para multiplataformas. O desenvolvimento do PHP começou em 1994, ao lado de outras linguagens de programação. A versão original estava relacionada a página pessoal de Rasmus, o criador da PHP. Entretanto, ao longo dos anos, o projeto evoluiu e começou a suportar diferentes formulários e bancos de dados da web. Hoje em dia, é uma linguagem de script de uso geral, focada – principalmente – no desenvolvimento web do lado do servidor.

Outras linguagens de programação que valem a pena conhecer:

  • C
  • C++
  • C#
  • Golang
  • SQL
  • Swift

Recent posts

Menu

Pages